terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Crise nas Infinitas Terras - A maior saga dos quadrinhos de todos os tempos

Crise nas Infinitas Terras foi uma das maiores sagas dos quadrinhos que já existiu. Lançada pela DC Comics em 1985, a série é um marco da HQ mundial. Tanto que a própria história da editora americana se divide em Pré-Crise e Pós-Crise. Para se ter uma ideia da importância da publicação, ela deu origem à todos os personagens da DC como os conhecemos hoje.

Mas, enfim, do que se trata Crise na Infinitas Terras? Na verdade a história toda é um tanto complexa de ser explicada. Principalmente para os mais jovens, que não conheceram as peculiaridades do universo DC. Aliás, do Multi-verso DC, formado por diversos mundos paralelos que abrigavam várias versões dos mesmos personagens. Esses mundos, chamados de terras paralelas, eram separados por vibrações. De todos os heróis da DC o único que podia se movimentar entre elas era o Flash. Não, por acaso, foi cor causa dele que se criou a Terra 2, a primeira das terra paralelas.


A terra 2 foi criada nos anos 50 para ser o lar do velho Flash, o herói que no Brasil era conhecido como Joel Ciclone. A DC preferiu reformular o personagem e criar um novo, com uma nova identidade. Assim o antigo Flash (Jay Garrick) deu lugar ao novo Flash, Barry Allen. A partir daí a Terra 2 passou a ser o lar das versões mais velhos dos heróis da editora americana.

No início foi tudo muito bem. Mas logo outras Terras Paralelas foram criadas. Uma, por exemplo, tinha o Capitão Marvel no lugar do Superman. Tudo começou com um processo da DC contra os criadores do herói, que foi considerado plágio do Superman após um processo na justiça que durou anos. A DC então ganhou os direitos sobre o herói, e como não quis incluí-lo no mesmo mundo do Superman, resolveu colocá-lo numa Terra paralela. E o Capitão Marvel não foi o único. A DC acabou ganhando os direitos de vários personagens considerados plágio dos seus ao longo dos anos. E todos iam para uma dessas terras paralelas, inicialmente a Terra S.

Acontece que a DC acabou inchando com tantas terras paralelas e tantos heróis parecidos. Por isso, a empresa decidiu acabar com tudo. A função da saga Crise nas Infinitas Terras era a de simplificar e unificar o Universo DC. A série também tinha a intenção de permitir que alguns heróis fossem reformulados. Os principais alves dessas reformulações seriam os dois principais heróis da casa o Batman e o Superman. O herói kryptoniano, por exemplo, estava em crise nessa época por ser considerado quase um deus, com poderes infinitos e nenhum apelo para os jovens. Além disso sua origem fora deturpada ao longo dos anos. Criado como o último filho de Krypton, sua história estava cercada de primos, cachorros, cidades inteiras remanescentes do seu planeta natal, e ainda tinha o superboy.

Com a destruição das Terras Paralelas, só restou uma Terra. Muitos heróis morreram, incluindo o Flash, que foi substituído por seu sobrinho, a Mulher-Maravilha da Terra 2 e a Supergirl. Para mim, o episódio da morte da Supergirl é um dos melhores de todos os tempos, que só se equipara à própria Morte do Superman e à mini-série Cavaleiro das Trevas.

A partir da unificação das terras paralelas em uma só, várias origens de personagens da DC foram recontadas. Heróis que não deixaram de existir ou não morreram, foram incorporados ao universo DC. Foi caso do Capitão Marvel, que chegou até a fazer parte da Liga da Justiça.

Mas o maior impacto dos eventos pós-Crise ficaram por conta do Batman e do Superman mesmo. O Cavaleiro das Trevas ganhou essa alcunha nessa época, e teve sua origem recontada na mini-série Ano Um, escrita por Frank Miller, um dos grandes gênios dos quadrinhos de todos os tempos.

Por sua vez, Superman recomeçou do zero. Sua origem foi recontada, escrita e desenhada por outro gênio dos quadrinhos, John Byrne. Não, por acaso, Byrne foi responsável por revitalizar diversos heróis tanto na Marvel como na DC. Depois de crise, o Homem de Aço se torna mais humano, já não é tão poderoso e volta a ser o último filho de Krypton.