quarta-feira, 26 de setembro de 2012

TED - Filme sobre um ursinho que usa drogas cria polêmica


Quer uma dica de filme para o fim de semana para "não" assistir com seu filme de 11 anos? Simples, não leve-o para assistir a história do simpático ursinho TED como fez o deputado Protógenes Queiroz. TED, ao contrário do que muita gente deve pensar não é um filme para crianças. Pelo menos não para aquelas menores de 16 anos. No entanto o parlamentar brasileiro parece que não sabia disso e ficou horrorizado com o filme estrelado por Mark Wahlberg, de "O Planeta dos Macacos". O filme é o primeiro longa do diretor Seth MacFarlane. Para quem não sabe, ele é criador do desenho animado "Uma Família da Pesada (Family Guy)".

Talvez se soubesse disso, o deputado talvez jamais tivesse entrado no cinema para assistir ao filme. A semelhança com o desenho animado, por sinal, não é mera coincidência. TED não é recomendado para menores de 16 anos, pois traz muitos palavrões e mostra a relação entre um homem adulto e seu ursinho de pelúcia de infância. O problema é que o boneco, que ganhou vida, fuma bebe e fala palavrões. Tudo isso fez com que o deputado fizesse uma campanha no Twitter pedindo que o filme fosse proibido no Brasil por fazer apologia às drogas.

O Ministro da Justiça, no entanto, discorda. Mesmo não tendo assistido o longa metragem americano, ele disse que não é permitido ao governo, num estado de direito, a censura de qualquer obra. Ele também ressaltou que os filmes passam por um sistema de classificação por faixa etária assim como acontece com os programas de televisão. Ou seja, não pode haver censura. Os pais, portanto, devem estar atentos à essa classificação e devem saber que o filme é pesado.

A seguir o trailer de "TED":