segunda-feira, 29 de agosto de 2011

10 livros para levar para uma ilha deserta

Olha, já li muita coisa na minha vida. Desde adolescente tive o hábito de ler. Como dizia minha avó: cultura não ocupa espaço. Logo, tenho uma boa bagagem cultural. Já li muitos e bons livros. De clássicos a romances modernos. Ficção e não-ficção. De tudo um pouco. Hoje estava pensando em como o mundo anda complicado e em como seria bom fugir um pouco e se isolar do mundo. Dar um tempo mesmo. Quem sabe passar um ou dois meses numa ilha deserta. Foi aí que pensei: se pudesse levar apenas 10 livros para passar o tempo, quais eu levaria?
Essa não é uma pergunta fácil de responder e é uma questão bem pessoal, mas vou tentar me esforçar para eleger 10 obras que fossem capazes de me distrair enquanto dou um tempo do mundo. As possibilidades são quase infinitas, mas eleger o primeiro da lista até que não seria difícil. Então vamos lá:

  1. De longe, o primeiro que eu pegaria e colocaria na mala é: "Pergunte ao Pó", do americano John Fante. Magistral. 
  2. Sou fã de ficção científica, logo não deixaria de fora o irreverente "Guia do Mochileiro das Galáxias", de Douglas Adams".
  3. "On The Road", de Jack Kerouac. Um clássico da literatura beatnik não poderia ficar de fora. 
  4. "O Velho e o Mar", Hemingway.  Uma das melhores narrativas de todos os tempos.
  5. "12 Contos Peregrinos", García Marquez, um dos mestres do realismo fantástico.
  6. "A Cabana", de William P. Young. Um livro mágico e emocionante.
  7. "O Cavaleiro das Trevas", de Frank Miller. Não é um livro, mas sim, uma graphic novel. Essencial para todos os fãs de quadrinhos e, especialmente, do Batman.
  8. "O Centauro no Jardim". Um livro sensacional Moacyr Scliar, um dos melhores escritores brasileiros dos últimos 50 anos.
  9. "Escolha a Catástrofe", de Isaac Asimov.
  10. "Admirável Mundo Novo", Aldous Huxley.
É isso. Como se trata de uma lista bem pessoal, convido os leitores a apresentar suas próprias listas nos comentários.