quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

As melhores adaptações para o cinema da obra de Philip K. Dick

O escritor americano Philip K. Dick, ou simplesmente PKD, foi um dos maiores nomes da história da ficção científica ao lado de outros gênios do gênero como Isaac Asimov, Douglas Adams e Ray Bradbury. Autor de dezenas de romances e mais de uma centena de contos, ele ajudou a colocar a Ficção Científica em outro patamar, tirando-a do limbo e a posicionando como um gênero literário sério.

Embora não tenha tido o merecido reconhecimento em vida, PKD se tornou conhecido depois que suas obras literárias foram adaptadas para o cinema. Algumas não tem o brilho e qualidade digna de sua obra, claro. Mas pelo menos dois filmes baseados em contos seus se tornaram clássicos do cinema.


O maior deles, claro, é Blade Runner, que inaugurou o conceito de inteligência artificial e foi um dos primeiros a pintar um futuro sujo e caótico. O filme, lançado em 82, é uma verdadeira obra prima. E não é para menos: a direção é do extraordinário Ridley Scott e no papel do detetive Deckard, cuja missão é caçar os replicantes (andróides com aparência humana) está ninguém menos que Harrison Ford. Quem não viu esse filme, procure a versão do diretor, pois a original foi um tanto quanto deturpada pelos produtores.

Em segundo lugar, O Vingador do Futuro também tornou-se um clássico do cinema. Baseado no conto Total Recall. e estrelado por Arnold Schwarzenegger, o filme não tem o mesmo apelo de Balde Runner. Mesmo assim é uma bela obra e um dos grandes representantes do gênero ao lado de Blade Ruuner, 2001, e Star Wars.


Outros filmes de Philip K. Dick que foram adaptados para o cinema e não tem o mesmo reconhecimento. Dos mais recentes, o de maior sucesso foi Minority Report, protagonizado por Tom Cruise. O filme conta a história de uma agência criada para prever o futuro e prender criminosos antes que eles cometam os crimes. A obra destaca-se por inovar nos efeitos especiais.

Um outro filme baseado na obra de PKD, e que é pouco conhecido é O Pagamento. Estrelado por Ben Afleck e dirigido por Jon Woo, o filme é baseado no conto Paycheck e tem um dos melhores roteiros entre os filmes de PKD adaptados para o cinema.

Uma das últimas adaptações da obra do escritor americano é O Vidente, uma história sobre previsões do futuro. Embora tenha um bom elenco incluindo Juliane Moore e Nicolas Cage, o filme não é uma obra-prima. Mesmo assim, o roteiro é ótimo, ainda que tenha se distanciado demais do livro no qual se baseou, The Golden Man.


Uma nova adaptação da obra de Dick deve chegar aos cinemas este ano. Chamado o Os agentes do Destino, o filme estreia nos EUA em Março e chega ao Brasil em 15 de Abril. No papel principal estão Matt Damon e Emily Blunt. A direção fica à cargo de George Nolfi, um diretor estreante.